Crash-Tests (Latincap, NHTSA, ADAC, Ancap e etc...)

Discussões a cerca do mundo automotivo, venha dar sua trol... Opinião.

Moderador: Moderadores

Avatar do usuário
RockMaan
Trolls Premiuns
Mensagens: 3721
Registrado em: 02 Jul 2011, 01:00
Localização: Joinville - SC

16 Nov 2017, 17:12

:notbad:

Resultado acima do esperado, pelo menos pra mim. Esperava 1 ou 2 estrelas no máximo.

Tapa na cara de Onix, Ka e Mobi.

Provou ser um carro honesto pelo preço.
Acport escreveu:
16 Nov 2017, 13:32
Tá ruim não, pelo preço do carro. 5 estrelas agora só com esp, confere?
Sim, e 3 estrelas é o máximo que consegue sem ESP.

Avatar do usuário
Johnnie Walker
Trolls Premiuns
Mensagens: 3857
Registrado em: 04 Jul 2011, 01:00

16 Nov 2017, 17:57

5 estrelas somente se tiver ESP e passar pelo teste de batida lateral contra o poste.
Todo mundo que odeia o meu carro, é idiota. Todo mundo que me odeia, é feio.

Avatar do usuário
Lucas Silva
Trolls Premiuns
Mensagens: 1317
Registrado em: 07 Dez 2011, 00:00
Localização: São Paulo

16 Nov 2017, 18:47

Kwid segurou bem essa porrada, nem o parabrisa trincou na batida!
VW Gol CL 1.6 Mi / 90 cv / 97/97
Toyota Etios Sedan XS 1.5 / 92/96 cv / 13/14

Avatar do usuário
Kicksilver
Moderador
Mensagens: 79925
Registrado em: 02 Jul 2011, 01:00
Localização: Rio de Janeiro

17 Nov 2017, 08:02

:humpf:

Up >>>> :ogy:

Avatar do usuário
Johnnie Walker
Trolls Premiuns
Mensagens: 3857
Registrado em: 04 Jul 2011, 01:00

24 Nov 2017, 12:52

Todo mundo que odeia o meu carro, é idiota. Todo mundo que me odeia, é feio.

Avatar do usuário
Johnnie Walker
Trolls Premiuns
Mensagens: 3857
Registrado em: 04 Jul 2011, 01:00

24 Nov 2017, 13:20

Todo mundo que odeia o meu carro, é idiota. Todo mundo que me odeia, é feio.

Avatar do usuário
Buzz
Trolls Premiuns
Mensagens: 12431
Registrado em: 15 Jul 2011, 01:00

28 Nov 2017, 17:29

Latin NCAP: Esclarecimentos sobre a pontuação nos testes de segurança

Imagem

A metodologia de pontuação para classificação de segurança do Latin NCAP pode ser confusa para muita gente. Feita pelo instituto, que não tem vínculo com os fabricantes de veículos, por ser independente e privado, a avaliação de segurança automotiva é resumida à quantidade de estrelas que um carro recebe, que vai de 0 a 5. O colaborador Lucro Brasil obteve dados liberados pela entidade e esclarece alguns pontos relativos ao assunto.

O Latin NCAP não informa os pontos de forma individual para impactos frontal e lateral. Por conta disso, geração erro de interpretação, visto que não é possível conhecer os resultados em separado, apenas a soma deles. Eu tive acesso aos dados junto ao instituto e vamos tentar decifrar algumas coisas, mas é preciso ter em mente os números abaixo:

Um carro só é considerado seguro se obter acima de 11 pontos de forma individual.

Pontuação individual = 0 a 1,99 ponto (zero estrela), 2 a 4,99 pontos (uma estrela), 5 a 7,99 pontos (duas estrelas), 8 a 10,99 pontos (três estrelas), 11 a 13,99 pontos (quatro estrelas) e de 14 a 16 pontos (cinco estrelas).

Primeiro protocolo: Impacto frontal = 16 pontos. Total máximo de 16 pontos.

Segundo protocolo: Impacto lateral = 16 pontos + 1 ponto por aviso de cinto de segurança. Total máximo de 17 pontos.

O UN95 é um teste de impacto lateral opcional, que não possui pontuação.

Atual protocolo: Impacto frontal do antigo protocolo (com ligeira mudança na pressão sobre o peito, que não influi muito na pontuação de forma geral) e o impacto lateral do novo protocolo.

Sendo assim, temos: Impacto frontal com 16 pontos, mais impacto lateral com 16 pontos, além de 1 ou 2 pontos adicionais para cintos de segurança dianteiros e traseiros, respectivamente. Dessa forma, o total alcança 34 pontos.

Teste do ESP

Teste do impacto lateral no poste

Agora vamos a pontuação dos impactos frontais e laterais separados (no site da Latin NCAP consta apenas a soma final):

Ford Ranger 3 estrelas (airbags duplos, sem airbags laterais)

Impacto frontal = 13,62

Impacto lateral = 16,00 MAX

Total 13,62 + 16,00 + 1 = 30,62


Renault Kwid 3 estrelas (airbags duplos, com airbags laterais)

Impacto frontal = 9,50

Impacto lateral = 12,35

Total 9,50 + 12,35 + 1 = 22,85


Fiat Mobi 1 estrela (airbags duplos, sem airbags laterais)

Impacto frontal = 11,58

Impacto lateral = 7,62

Total 11,58 + 7,62 = 19,20


Olhando dessa forma separada, fica bem claro a pontuação e a eficiência de acordo com o impacto. O Ford Ranger, mesmo tendo pontuação para 5 estrelas, recebeu 3 estrelas, isso se deve pela ausência do ESP (controle de estabilidade), e não ter airbags de cortina (assim sendo, não foi feito o teste de poste).

Já o Kwid, que também recebeu as mesmas 3 estrelas, porém, não tem pontuação para 5 estrelas, sendo que no caso do impacto frontal tem apenas uma nota bem baixa de 9,50. Fica evidente que não se pode ficar comparando apenas olhando as estrelas.

Constantemente eu friso sobre esse fator, mas não é fácil explicar, e tão pouco o site da Latin NCAP ajuda. Vamos agora ver a pontuação do outro subcompacto, o Fiat Mobi. Mesmo tendo recebido apenas 1 estrela, ao olhar a pontuação é possível observar que se saiu bem melhor que o Kwid em relação ao impacto frontal, porém, foi ruim no impacto lateral.

O Kwid é exatamente o inverso, foi ruim no impacto frontal e bem no impacto lateral. Resumindo de forma mais clara e real, num acidente com impacto frontal, o Mobi é mais seguro que o Kwid, já no impacto lateral é o inverso. Alguns devem estar querendo uma comparação com Chevrolet Onix 0 estrela e Ford Ka 0 estrela.

Não tenho em mãos os dados exatos individuais desses dois modelos, porém, “aproximados’ é fácil obter, já que o novo protocolo não testa impacto frontal (exceto carros que nunca passaram pelo teste frontal nos anos anteriores).

Sim, a Latin NCAP usa o teste frontal do segundo protocolo para somar com o teste do impacto lateral do novo protocolo. Contudo, é bom lembrar novamente (como citei acima) que existe uma pequena mudança na pressão nos peitos entre os protocolos, mas nada que mude a pontuação de forma drástica.



Tal fato pode ser visto nas fotos e vídeos dos impactos frontais do Onix e Ka, ambos estão com as mesmas imagens do teste do antigo protocolo. Portanto, você pode usar a pontuação dos antigos protocolos para uma comparação apenas sobre o impacto frontal.

Considerando isso, para impactos frontais o Onix foi 9,67 e o Ford Ka 11,67. É possível reparar que o Onix teve nota semelhante à do Kwid e o Ka foi bem superior. Então, por que ambos receberam nota zero estrela? A Latin NCAP considera o menor desempenho. E ambos foram um fiasco nos impactos laterais.



E falando em subcompacto, não podemos esquecer do Volkswagen up. Esse recebeu excelente nota para impacto frontal e passou pelo impacto lateral UN95 (sem pontuação). Por não ter sido submetido a pontuação no impacto lateral, a Latin NCAP me disse que não tem como passar um dado correto para fazer uma comparação direta entre os automóveis recentemente testados. Contudo me enviou uma foto comparando a estrutura do up em relação ao Mobi (a velocidade do impacto é igual em ambos os testes laterais).

Existem muito mais coisas para serem explicadas, mas não o farei, pois quanto mais explica, complexo e confuso será. A intenção foi mostrar que não se deve olhar apenas as estrelas. Obviamente que um leitor comum não terá acesso a esses dados facilmente. Agora eu fico imaginando, um consumidor indo visitar as concessionárias com as estrelas em mãos.

Obs: no site da Latin NCAP, a Ford Ranger está com erro de imagem e informação. Até o mês passado estava normal, mas deve ser uma falha do sistema. Importante lembrar que a picape testada é o modelo básico da Argentina, sendo que o modelo brasileiro vem de série com 7 airbags e ESP.

FONTE

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

29 Nov 2017, 18:41

Mercedes-Benz Classe X recebe 5 estrelas em crash-test do Euro NCAP
Do CarPlace | Publicado em Wed, 29 Nov 2017 20:30:02 +0000


A Mercedes-Benz Classe X é esperada para 2019 em nosso mercado, só aguardando o inicio da produção na Argentina. Enquanto isso, a versão europeia passa pelos rigorosos testes de impacto do Euro NCAP e se destaca pelo nível de segurança, tanto passiva quanto ativa.

Os relatórios da instituição (veja aqui os detalhes) mostram que os ocupantes, tanto adultos quanto crianças, foram protegidos tanto em impactos frontal (parcial e total), lateral e em poste. Apenas o teste do efeito chicote apresentou uma deficiência do encosto de cabeça para os ocupantes do banco traseiro, podendo ferir a coluna em um acidente mais grave. A mesma classificação vale para a proteção ao pedestre, tanto no impacto quanto no sistema de frenagens automáticas.

Ver a notícia Mercedes-Benz Classe X recebe 5 estrelas em crash-test do Euro NCAP diretamente no site CARPLACE.


Fonte: https://motor1.uol.com.br/news/222983/c ... -classe-x/

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

01 Dez 2017, 14:43

Quatro modelos que virão ao Brasil recebem nota máxima no Euro NCAP
Do Auto Esporte


Imagem
Quatro modelos que virão ao Brasil ganham nota máxima no Euro NCAP (Foto: Divulgação)


 


O Euro NCAP divulgou os resultados de uma nova “fornada” de testes – inclusive de alguns modelos que chegarão ao Brasil, como BMW X3, Jaguar E-Pace, Mercedes-Benz Classe X e Porsche Cayenne. Ao todo, foram testados nove modelos e (quase) todos receberam nota máxima de segurança, com exceção do buggy elétrico Citroën E-Mehari.




As novas gerações dos Subaru Impreza e XV fizeram bonito e garantiram a segunda melhor classificação em proteção para adultos (com 94%, contra 95% do Cayenne), mas foi nas proteções para crianças e para pedestres que a marca japonesa se destacou com as maiores notas. Quanto aos sistemas de assistência, o Honda Civic levou a melhor.




Além das notas, o órgão responsável pelos testes de segurança na Europa adiantou detalhes das exigências que valerão no próximo ano. “Estamos preparando novas provas para 2018, nas quais os sistemas de assistência dos freios deverão detectar e evitar colisões com ciclistas pela primeira vez”, explica Michiel van Ratingen, secretário geral do Euro NCAP.

saiba mais

 




Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com/Not ... -ncap.html

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

07 Dez 2017, 18:48

Exclusivo: Nissan Kicks consegue quatro estrelas no Latin NCAP
Do Auto Esporte


Imagem
Crash test lateral talvez tivesse sido melhor com a adição de airbags laterais e de cortina (Foto: Divulgação)


 


O Latin NCAP vai publicar mais uma rodada de teste de três carros no próximo dia 12 de dezembro. Mas Autoesporte conseguiu com exclusividade os resultados e um deles muito interessa o mercado brasileiro: o Nissan Kicks. O crossover produzido em Porto Real (RJ) foi o único nacional avaliado e obteve quatro estrelas para adultos (25,39 pontos de 34 possíveis) e crianças (37,41 pontos de 49 totais). A bateria inclui ainda o companheiro Murano e o Chevrolet Aveo, ambos não vendidos no Brasil.

Imagem
Choque lateral do Kicks (Foto: Divulgação)


 


Equipado com apenas dois airbags, o Kicks obteve um resultado melhor do que o March (três estrelas para adultos e uma para crianças) e o Versa (três para ocupantes grandes e duas para os pequenos). Ter isofix ajudou no quesito de proteção para pequenos.

Imagem
O modelo foi testado com dois airbags, mais do que isso só no SV (opcional) ou de série no SL (Foto: Divulgação)


 


Vale ressaltar que o Kicks avaliado não contava com os airbags laterais e do tipo cortina, disponíveis como opção por R$ 3 mil (junto com revestimentos de couro) para a versão SV de R$ 86.990 e de série apenas no top SL de R$ 95.990. Os controles de tração e de estabilidade também deram uma mão, embora não sejam de série no básico Kicks S de R$ 71.190 e vem apenas no pacote Safety de R$ 2 mil. Tanto airbags extras quanto as salvaguardas eletrônicas são de série no Kicks mexicano vendido nos Estados Unidos

Imagem
Nissan Kicks ganhou quatro estrelas em ambos quesitos (Foto: Divulgação)


 


Outros resultados: Chevrolet Aveo foi zerado



 

Imagem
Chevrolet Aveo levou nota zero na segurança para adultos (Foto: Divulgação)


 


Entre os demais carros avaliados na leva, o Chevrolet Aveo foi o que decepcionou ao levar zero na proteção a adultos, a despeito de estar equipado com airbag duplo frontal. Ter Isofix o ajudou a não pagar o mesmo mico na prova para crianças, onde obteve três estrelas. O modelo da Chevy é uma opção comum no mercado latino americano. 

Imagem
Nissan Murano foi bem na segurança para adultos, mas nem tanto para os pequenos (Foto: Divulgação)


 


Por sua vez, o também Nissan Murano conseguiu a nota máxima de cinco estrelas na proteção aos crescidos. Por outro lado, o crossover grande obteve apenas três quanto aos pequenos, um resultado ruim para um carro equipado com sete airbags e outros recursos de segurança.



saiba mais

 


 


Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com/Not ... -ncap.html

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

12 Dez 2017, 14:50

Nissan Kicks recebe 4 estrelas em teste de colisão
Do CarPlace | Publicado em Tue, 12 Dec 2017 16:00:02 +0000


O Latin NCAP divulga a última bateria de testes de 2017 e o destaque para o mercado brasileiro é o resultado do Nissan Kicks. O SUV compacto recebeu 4 estrelas de 5 no crash-test realizado com a versão básica S. Além do crossover, foram testados o Nissan Murano (5 estrelas) e o sedã Chevrolet Sail (zero estrelas), ambos vendidos em outros mercados da América Latina.

Leia também:
A Nissan pode comemorar o resultado do Kicks, com o argumento de que poderia ter ido melhor. Pela regra do Latin NCAP, o teste sempre é feito na versão menos equipada do carro. No caso, utilizaram o Kicks S, configuração que tem somente dois airbags, mas conta com controle de tração e estabilidade de série. O SUV recebe airbags laterais e de cortina como opcionais na versão SV e de série na topo de linha SL.

Mesmo sem esses itens, o Kicks foi bem. Na proteção para adultos, recebeu nota 25,39 do máximo de 34, o suficiente para ficar com 4 estrelas. Já na proteção infantil, o resultado foi de 37,41 de 49, o que também rende 4 estrelas. O que pesou foi o peito do motorista, que ficou exposto para estruturas do painel após ele deformar com o impacto. A estrutura e a área dos pés foram consideradas instáveis. O resultado para crianças perdeu pontos por não poder desligar o airbag do passageiro para instalar uma cadeirinha no banco dianteiro e a sinalização do ISOFIX estava fora do padrão da entidade.




O outro modelo testado pela entidade foi o sedã mexicano Chevrolet Aveo. Entra na lista dos carros da GM que zeraram no teste, ao lado de N300, Onix, Spark, Spark GT e Agile. O Latin NCAP já tinha dado nota zero para o Sail e repetiu o teste agora que o Aveo conta com dois airbags frontais de série. O pior resultado foi para o motorista, consequência do volante ir contra o ocupante e os pedais acertarem as pernas e pés.

Fotos e vídeos: Latin NCAP

Ver a notícia Nissan Kicks recebe 4 estrelas em teste de colisão diretamente no site CARPLACE.


Fonte: https://motor1.uol.com.br/news/224222/n ... latinncap/

Avatar do usuário
Buzz
Trolls Premiuns
Mensagens: 12431
Registrado em: 15 Jul 2011, 01:00

12 Dez 2017, 15:29

Tirou 4 estrelas, mas com carroceria instável. :ogw:

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

13 Dez 2017, 12:21

Ainda na ativa na Europa, Fiat Punto zera em crash test
Do CarPlace | Publicado em Wed, 13 Dec 2017 14:13:03 +0000

Imagem

O ano de 2017 foi cheio para o Euro NCAP e ele termina com um péssimo resultado para o Fiat Punto, que não conseguiu sequer uma estrela nos testes de impacto. Isso chega a ser uma surpresa, pois a terceira geração do hatch já tem mais de 10 anos - foi lançada no fim de 2005 na Europa e recentemente substituído pelo Argo no Brasil. Com o programa de avaliação de carros europeu ficando cada vez mais exigente, o modelo italiano mostra a idade de seu projeto diante da intensificação do rigor nos testes.

O Punto é o primeiro carro a zerar nos testes europeus, levando o Euro NCAP a dizer que o Fiat foi "superado por todos os carros testados recentemente". A versão testada usava motor 1.2 de 65 cv e câmbio manual de 5 marchas, pesando 1.030 kg.

Os números falam por si: o Punto registrou apenas 51% de proteção aos adultos e 43% para crianças. As coisas melhoram na proteção ao pedestre (52%), mas não há qualquer assistente de segurança (0%).

Outros testes

O Punto não foi o único carro testado pelo Euro NCAP. Também foram avaliados o novo Dacia Duster, o Kia Stonic e o MG ZS, todos com 3 estrelas. Quando totalmente equipado, o Stonic tem 5 estrelas. Assim como o Toyota Aygo, que passou de 3 estrelas para 4 com o pacote opcional de segurança. Outros modelos 3 estrelas incluem o Alfa Romeo Giulietta, Ford C-MAX/Grand C-max, Opel/Vauxhal Karl e o DS 3.

Se você se importa mesmo com segurança, vai querer um carro com 5 estrelas. O Toyota Yaris possui. As novidades estreladas incluem o BMW Série 6 Gran Turismo, Hyundai Kona, Jaguar F-Pace e o Kia Stinger.

Abaixo, os vídeos dos 13 testes e uma galeria com 101 fotos de todos os modelos avaliados.

Fonte: Euro NCAP

https://www.youtube.com/watch?v=9N1Q0k6-ebg

Fonte: https://motor1.uol.com.br/news/224312/f ... -euroncap/

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

13 Dez 2017, 19:43

Chevrolet Aveo zera na proteção de adultos no Latin NCAP
Do Auto Esporte


Imagem
Chevrolet Aveo levou nota zero na segurança para adultos (Foto: Divulgação)


 


O Chevrolet Aveo pode ser um ilustre estranho para o mercado brasileiro, mas o modelo compacto feito no México é um dos sedãs mais vendidos da América Latina. Daí a importância do resultado da última bateria de testes de impacto do Latin NCAP. O sedã emergente levou zero na proteção a adultos nos choques frontal e lateral, embora tenha marcado três estrelas para ocupantes crianças. Testado em 2015 em uma versão sem bolsas infláveis, o modelo teria apresentado mínimas melhorias com a adição de airbags.


Mesmo equipado com airbags frontais, o Chevrolet foi reprovado em razão da sua estrutura insegura. Segundo o Latin NCAP, “o desempenho estrutural foi qualificado como instável, da mesma forma que a área dos pés da estrutura, fato que explica, também, o movimento da coluna de direção e dos pedais, aumentando o risco de lesões no motorista”. Entre outras falhas, o Chevrolet ainda fica devendo interruptor para a desativação do airbag do passageiro frontal. Veja o vídeo do teste logo abaixo.




Curiosamente, a proteção contra impactos laterais foi classificada “de adequada para boa, apesar de uma alta penetração do carrinho no impacto lateral, já que conta com bons sistemas de absorção de energia”. A bacia e cabeça do carona teve proteção adequada, apenas o tórax ficou em amarelo, indicando cobertura apenas adequada. Não foi realizado o teste do poste.


Se serve de consolo, a pontuação para crianças subiu para três estrelas (30.11 pontos de 49 pontos possíveis), contra as duas estrelas (17.93 pts de 49 pts) do último teste de 2015. Ajudou nisso a adição de Isofix para a fixação de cadeirinhas infantis, além de cinto de três pontos para todos ocupantes.

Imagem
Teste lateral do Aveo até que não comprometeu tanto, segundo o Latin NCAP (Foto: Divulgação)


 


Pelas fotos, a estrutura não evoluiu na mesma medida dos itens de segurança, diferentemente do Onix e Prisma brasileiros, que serão reforçados com aços de ultra alta resistência após a nota zero do hatch no teste para adultos do Latin NCAP. “Solicitamos à GM que proporcione à América Latina e ao Caribe os mesmos níveis de segurança oferecidos, de forma padrão, em outros mercados”, afirmou em comunicado Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP.


 Murano passa a cinco estrelas, Kicks começa com quatro



 

Imagem
Nissan Kicks ganhou quatro estrelas em ambos quesitos (Foto: Divulgação)


 


Conforme Autoesporte havia publicado, o Nissan Kicks nacional obteve quatro estrelas na proteção a adultos (25,39 pontos de 34 possíveis) e crianças (37,41 pontos de 49 totais). Ele apresentou “um desempenho apenas instável na estrutura e na área dos pés no teste da batida frontal, explicando a fraca proteção do peito”. Mesmo sem airbags laterais e do tipo cortina, opcionais no SV e de série no top SL, o impacto lateral teve proteção de adequada para boa.




 


Vale lembrar que o Kicks tem controles de tração e de estabilidade de série apenas nas configurações mais caras, as salvaguardas não são de série no básico Kicks S de R$ 71.190 e vem apenas no pacote Safety de R$ 2 mil. Uma pena saber que o modelo mexicano vendido nos Estados Unidos conta tanto com ESP quanto com sete airbags de série.


Fabricado nos Estados Unidos, o crossover grande Murano conseguiu um resultado muito melhor do que no teste anterior, foram cinco estrelas para adultos (28,72 pontos de 34 totais), face apenas duas de 2016. De acordo com o Latin NCAP, “a estrutura na batida frontal foi melhorada e qualificada como estável”. 

Imagem
Nissan Murano foi bem na segurança para adultos, mas nem tanto para os pequenos (Foto: Divulgação)


 


No impacto lateral de poste, “a Nissan melhorou o modelo, permitindo que o airbag de cortina se ativasse corretamente, garantindo um desempenho superior a adultos. Por outro lado, a proteção para crianças baixou de quatro para três estrelas neste teste (34,66 pts de 49 pts totais). A diferença pode ser creditada “à alteração no rendimento estrutural no teste de batida frontal”. Confira o resultado em vídeo.


  •  





 

saiba mais

 


 


Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com/Not ... -ncap.html

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

14 Dez 2017, 10:06

Novo Duster leva apenas três estrelas no Euro NCAP
Do Auto Esporte


Imagem
Choque lateral do Duster não mereceu críticas tão fortes (Foto: Divulgação)


 


O Dacia Duster de segunda geração obteve somente três estrelas nos testes de impacto realizados pelo Euro NCAP. O modelo foi testado na versão 1.5 diesel e teve resultados que variaram de 71% (de 100%) na segurança para adultos, 66% para crianças, 56% para pedestres e apenas 37% em itens de assistência.


Cabe aqui reforçar dois pontos: o protocolo de testes do Euro NCAP é mais complexo e rígido do que o aplicado pelo Latin NCAP, o que poderia nos fazer esperar por resultados melhores; no entanto, o Renault Duster nacional ainda vai demorar e poderá ser testado pelo braço latino do Global NCAP a partir de 2019, quando os parâmetros devem ser mais rígidos.

Imagem
O impacto frontal offset contra uma barreira deformável foi melhor do que a total (Foto: Divulgação)


 


 


 


Ficaremos curiosos até lá para ver se o modelo conseguirá notas superiores do que as marcadas na Europa, lembrando que a Renault está de olho nas exigências e se comprometeu até a reforçar a estrutura de carros já lançados, exemplos do Renault Sandero e Logan. O Kwid é um exemplo de carro que levou bomba no primeiro teste do India NCAP e conseguiu uma nota melhor após ser reforçado pelo fabricante e ganhar até airbags laterais de série.


O que prejudicou o Duster?



Foram vários fatores. Para começar, o Duster ficou devendo nos sistemas suplementares de segurança. Ausências como capô ativo em caso de atropelamento (aquele tipo capaz de se levantar um pouco para impedir o contato total do pedestre com partes mecânicas), assistente de frenagem urbana e rodoviária e sistema de manutenção de faixa. O crossover contava apenas com o controle de cruzeiro (de série).

Imagem
Modelo será lançado pela Renault do Brasil apenas em 2019 (Foto: Divulgação)


 


Ainda em relação aos pedestres, o teste de atropelamento indicou que o centro do capô e o escudo frontal oferecem proteção boa para o impacto contra a cabeça. No entanto, o resultado para regiões próximas do para-brisa e colunas foi considerado muito pobre para as demais partes do corpo.




Além disso, o Dacia não saiu-se bem no teste de impacto frontal total, no qual a dianteira inteira bate contra uma barreira rígida a 50 km/h. A cabeça do motorista sofreu um esforço de desaceleração desproporcional, o que anulou o teste inteiro do dummie. Outro ponto foi criticado pelo Euro NCAP. A cobertura contra efeito chicote do assento e encosto do banco foi testada e o resultado considerado marginal.


Há uma diferença no padrão dos dois testes frontais. O offset envolve a batida de 40% da área frontal contra uma barreira deformável a 64 km/h, situação na qual o Duster se saiu melhor. De acordo com dados oficiais, apenas as pernas do motorista tiveram proteção considerada marginal. A explicação está nas estruturas do painel do lado do condutor, que pode ferir ocupantes de vários tamanhos.

Imagem
Airbags de cortina são itens indisponíveis para o Duster vendido atualmente no Brasil (Foto: Divulgação)


 


Quanto aos pequenos, o resultado no crash offset indicou uma proteção marginal ao peito do dummy que representa uma criança de seis anos de idade. Mas nas demais situações os menores foram protegidos decentemente. Há sistema Isofix nos bancos laterais traseiros para a fixação de cadeirinhas, cuja marcação foi considerada fora do padrão esperado pelo Euro NCAP, no entanto, sem impedir a fixação. A possibilidade de desativar o airbag do banco do carona para levar uma cadeirinha voltada para trás foi atendida.


Por outro lado, nos impactos laterais, a proteção foi considerada boa com a ajuda dos airbags laterais dianteiros e do tipo cortina. Até mesmo no impacto contra um poste a 32 km/h as áreas críticas foram bem preservadas, somente o tórax do motorista recebeu proteção tida como adequada.



saiba mais

 


Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com/Not ... -ncap.html

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

22 Jan 2018, 17:28

Exclusivo: Volkswagen Virtus iguala Polo e recebe nota máxima de segurança no Latin NCAP
Do Auto Esporte


Imagem
Volkswagen Polo no crash test de poste do Latin NCAP (Foto: Divulgação)


Como era de se esperar, o Volkswagen Virtus fez a lição de casa e manteve o bom desempenho em segurança do Polo, sua versão hatch. O modelo conquistou cinco estrelas na proteção a adultos e cinco na de crianças, além do selo Latin NCAP Advanced Award, que reconhece carros que minimizam as lesões a pedestres em caso de atropelamento. Os dados fazem parte do relatório do Latin NCAP que será divulgado amanhã, mas que nós da Autoesporte já tivemos acesso.


Um detalhe nesse teste chama atenção. Dessa vez, o Latin NCAP considerou desnecessário testar uma unidade do Virtus para as simulações de acidente dianteiro e contra um poste. O sedã foi utilizado apenas para simular um acidente de colisão lateral contra outro carro. Isso porque o Virtus é, na prática, derivado do Polo.
  •  
Imagem
Detalhe do material de divulgação com a nota de crash test do Virtus feito pelo Latin NCAP (Foto: Reprodução)


Sem saber do caso específico do Virtus, o engenheiro mecânico e conselheiro da SAE Brasil Francisco Satkunas, confirmou, em entrevista à Autoesporte, que atualmente é possível fazer esse tipo de análise, inclusive com testes virtuais. “Eu diria, em primeira análise, que a diferença do sedã pro hatch em carros da mesma plataforma é apenas a massa adicional na traseira, por conta do porta-malas. Através da análise virtual, é possível analisar quais reforços são necessários para absorver a energia do acidente. Mas, isso não isenta de fazer o crash test físico propriamente dito”, diz Satkunas.


Na proteção a adultos, o carro conquistou 32.56 pontos em uma escala que vai a 34. Já na segurança de crianças foram 43 pontos de 49 possíveis. Mas, o que garantiu ao Virtus as cinco estrelas de segurança foi o bom desempenho no teste que simula um acidente lateral. Nesse, dos 16 pontos possíveis o carro conquistou 15,88, mesmo índice dos testes frontais. Já na proteção a crianças, o Virtus somou 22 pontos de 24 possíveis.


Assim como o Polo, o Virtus testado tem quatro airbags. Há, ainda, sistema Isofix de fixação de cadeirinhas.

Imagem
Exclusivo: Volkswagen Virtus repete Polo e tem nota máxima de segurança no Latin NCAP (Foto: Reprodução)


A estrutura do carro foi considerada estável pelo Latin NCAP, o que garantiu poucas lesões em todas as partes do corpo do motorista e do passageiro dianteiro. No teste de colisão frontal, apenas parte das pernas dos dois ocupantes e o tórax do motorista tiveram proteção ligeiramente inferior, classificada como “adequada”. Já na simulação de acidente lateral, o tórax dos dois passageiros teve proteção “adequada”, enquanto todo o restante do corpo teve proteção máxima.


O Volkswagen Virtus será lançado nesta segunda-feira (22) e Autoesporte publicará todas as informações sobre o carro nas próximas horas.

Imagem
Novo Volkswagen Virtus (Foto: Divulgação)




Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com/Not ... -ncap.html

Avatar do usuário
Ramiel
Administrador
Mensagens: 27732
Registrado em: 15 Jul 2011, 01:00

23 Jan 2018, 07:17

:notbad:

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

23 Jan 2018, 12:23

Chevrolet Onix recebe três estrelas após novos testes de segurança do Latin NCAP
Do Auto Esporte


Imagem
Crash test do Chevrolet Onix realizado pelo Latin NCAP em 2018 (Foto: Latin NCAP)


Depois de obter zero estrelas para proteção de adultos nos testes de colisão do Latin NCAPno ano passado, o Chevrolet Onix recebeu reforços estruturais e foi submetido novamente a bateria de testes, patrocinada pela própria fabricante. Desta vez, o hatch conquistou três estrelas para adultos e três para crianças. O mesmo aconteceu com o sedã Prisma, que alcançou a mesma pontuação, embora apenas o hatch tenha passado pelo crash test lateral. Essa foi a primeira bateria de testes do Latin NCAP em 2018, da qual também participou o novo Volkswagen Virtus.


O que mudou em Onix e Prisma, segundo o Latin NCAP, é que os dois modelos receberam reforços de absorção de impacto nas portas para aumentar seu nível de segurança, no caso de uma colisão lateral. O carro também ganhou ancoragem ISOFIX para as cadeirinhas infantis e um novo cinto de segurança para o motorista. Apesar das melhorias, ele ainda não conseguiu ser classificado com quatro estrelas, pois, segundo a instituição, o modelo ainda apresenta uma proteção fraca para o peito do adulto no impacto frontal e no lateral. O cinto pélvico de dois pontos para o terceiro ocupante traseiro também, não é tão efetivo quanto o de três pontos. Ainda assim, o Latin NCAP considerou importante os aperfeiçoamentos do carro.   

Imagem
Crash test do Chevrolet Onix realizado pelo Latin NCAP em 2018 (Foto: Latin NCAP)


 


"As melhoras do Onix são uma importante notícia para nosso mercado. É alentador ver como os fabricantes de automóveis levam em frente essas melhorias tão relevantes. Mais uma vez, o Latin NCAP demonstrou que os testes dos diferentes modelos, e a publicação de seus resultados, são ferramentas muito poderosas e eficientes disponibilizadas para melhorar a segurança dos veículos no mercado latino-americano, mesmo antes, e em um nível mais alto, que qualquer exigência a respeito por parte do governo regional", afirmou Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP.

Imagem



 
  •  
Imagem



 

saiba mais

 




 


Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com/Not ... -ncap.html

Avatar do usuário
rlaranjo
Trolls Premiuns
Mensagens: 7815
Registrado em: 15 Jul 2011, 01:00
Contato:

23 Jan 2018, 16:24

GM gastou dinheiro à toa pra agradar os barbudinhos de boina da imprensa. Essas 3 estrelas não mudam nada na venda dos carros.

Avatar do usuário
Pablo
Trolls Premiuns
Mensagens: 9363
Registrado em: 03 Jul 2011, 01:00
Localização: Lages - SC

23 Jan 2018, 16:34

Certeza

Avatar do usuário
Kicksilver
Moderador
Mensagens: 79925
Registrado em: 02 Jul 2011, 01:00
Localização: Rio de Janeiro

26 Jan 2018, 14:58

Virtus :ogy:

Avatar do usuário
Robô Troll
Trolls Premiuns
Mensagens: 22036
Registrado em: 25 Ago 2014, 14:48

26 Jan 2018, 16:42

Teste de acidente lateral será exigido para carros novos, mas só a partir de 2020
Do Auto Esporte

  •  
Imagem
Crash test do Chevrolet Onix realizado pelo Latin NCAP em 2018 (Foto: Latin NCAP)


 


Todos os carros fabricados ou importados a partir de 1 de janeiro de 2020 terão que ser aprovados em um teste que simula um acidente lateral para receberem autorização de venda no Brasil. A medida foi anunciada pelo Contran na última semana e pode ser antecipada pelas montadoras, se elas aceitarem colocar seus carros à prova antes disso. A partir de 1 de janeiro de 2023, todos os carros terão que ser aprovados no teste, mesmo os projetos antigos que ainda estarão no mercado.


Esse teste é mais rigoroso do que o de colisão dianteira porque esse tipo de acidente costuma machucar mais os passageiros dos carros. Recentemente, o Latin NCAP passou a submeter alguns modelos ao crash test lateral e muitos foram reprovados.


É o caso do Chevrolet Onix, o carro mais vendido do país, que foi reprovado e tirou zero estrela de segurança para adultos. Por conta disso, a montadora providenciou mudanças na estrutura do carro. Testado novamente, o modelo conquistou três estrelas no mesmo teste. Outros modelos que foram mal nesse tipo de impacto são o Ford Ka (zero estrela) e o Fiat Mobi (1 estrela)


O teste poderá ser feito pela própria montadora ou em laboratórios certificados, para que sigam exatamente os critérios estabelecidos pelo governo. Para o carro ser aprovado, as portas não podem se abrir durante o impacto e os passageiros devem conseguir abrir cada uma delas depois do choque. Além disso, serão utilizados bonecos eletrônicos dentro do carro para analisar a gravidade das lesões dos passageiros. Por fim, nenhuma peça do carro pode se soltar e ferir os passageiros.




 


Fonte: http://revistaautoesporte.globo.com/Not ... -2020.html

Avatar do usuário
Ramiel
Administrador
Mensagens: 27732
Registrado em: 15 Jul 2011, 01:00

29 Jan 2018, 06:56

Imagem

Avatar do usuário
Kicksilver
Moderador
Mensagens: 79925
Registrado em: 02 Jul 2011, 01:00
Localização: Rio de Janeiro

29 Jan 2018, 11:03

Todos os carros com AB6 :ogy:

Avatar do usuário
Pablo
Trolls Premiuns
Mensagens: 9363
Registrado em: 03 Jul 2011, 01:00
Localização: Lages - SC

29 Jan 2018, 13:43

Peugeot no gusta

Responder